Paradoxo Moderno

March 16, 2020

 

Lendo o filósofo Luc Férry @lucferry (vale a pena), nos damos conta de que a arte contemporânea, que impressiona e choca tantas pessoas, na realidade é uma das fundações do sistema capitalista. O sistema precisa de desconstruir os valores tradicionais para introduzir a necessidade do consumo de inovações e de produtos novos. A sociedade tecnológica precisa inovar constantemente para conquistar o mercado e manter o fluxo comercial sempre crescendo. Inventa-se constantemente o novo e o velho fica obsoleto. Nem sempre as mudanças são feitas para melhorar o produto, mas se não tiverem mudanças, não tem novidade e o velho não fica velho. Os artistas modernos, que desconstruiram os valores do mundo burguês (acabando com o motivo, com a perspectiva, com a forma, com o desenho, com as cores, com a tela, com o objeto) sem querer trabalharam a favor do mundo burguês pois o capitalismo vive da destruição dos valores antigos para abrir caminho para a inovação e a constante criação do novo que vem substituir o velho. O motor da arte contemporânea é a novidade, o artista contemporâneo vive do inusitado, do novo, e assim, o artista que antes era odiado, agora faz as pazes com os burgueses, banqueiros, industriais e milionários que são aqueles que gostam e que podem comprar a sua arte. Um cara do povo nunca compraria um tubarão ou uma vaca dentro de um aquário de formol (Damien Hirst), primeiro porque esses trabalhos custam milhões de dólares, depois porque ele preferiria comer a vaca e comprar outra arte menos agressiva. Quem compra os maiores artistas contemporâneos são os grandes bilionários que se tornaram colecionadores: François Pinault, Bernard Arnault, Reinhold Wurth, Steve Cohen etc.

Os artistas, que no sec XIX foram chamados por Saint-Simon para ser a “vanguarda” das reformas sociais, não sabiam que no século XX e XXI acabariam ajudando a manter o status quo sustentando o capitalismo e fazendo as pazes com os burgueses. Um precisa do outro e caminham de mãos dadas num consumismo sem freio. 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Em destaque

MAR - Um outro mundo aqui na Terra

March 14, 2018

1/1
Please reload

Posts Recentes

July 8, 2020

June 23, 2020

March 16, 2020

April 9, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

© 2018  by Edgar Duvivier | Proudly created with Wix.com

  • Instagram
  • Facebook ícone social
  • Twitter ícone social